terça-feira, 12 de abril de 2016

O PICA PAU

O Pica Pau

Bilico é um pica pau rei
muito invocado,
nervosinho que só.

Não leva desaforo pra casa
arrepia o topete
e faz voar pó!

Um dia, Bilico acordou surtadão.
Brigou com a jibóia
o quati e o camaleão.
Pirou o cabeção!

Bilico voou pra lá e pra cá
bicou árvore, bambu
coqueiro e até pneu de caminhão.

Desembestado
voou pra cidade
Pousou num parque
não pensou nada não,
mas logo achou companhia;
um macaco fujão.

Danou falação
e o pica pau vermelhão
pulava da árvore pro chão
bicando a sombra
e assombração.

Mas não foi nada não!
Macaco foi embora
com o rabo na mão.

Bilico ficou sozinho
olhando a multidão
feliz tal qual um gato ladrão.

Bicou aqui e ali
encontrou minhocas no chão
mas a fome era tanta
e Bilico errou na visão
bicou um chiclete mascado
se ferrou de montão.

O chiclete grudado no bico
mudo ficou 
e voou sem noção
em busca de salvação!

Na floresta de volta
encontrou Corujão
 -Nhunhgt! Nhijhyt!
tentou palavrão
até que o amigo arregalou
um olhão!!
Bilico, que aconteceu?!
- Nhunfjht! Nhunth!!

Ninguém entendeu nada não!
 Chamaram Doutor Raposão
que encontrou a solução:
- Tem que bicar um ramo de salsão
na horta do Hortelão!

-Grtrertrt!!... #@!!Hugth!!!
 Fuuuu...Fuuuu...

Quando o pica pau tentou falar
o chiclete fez um bolão
e Bilico virou atração.

Pica pau balão!
Pica pau Balão!
Foi só zoação!!!

Fuuuuu...
Fuuuu....
Fuuuuuuuuuu... Póóóu!
Estourou o bolão
Bilico todo lambuzado
caiu de costas no chão!!


para Nitolino

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário